30 abril 2008

QUEM TEM MÊDO DE ARTE CONTEMPORÂNEA?


A partir da década de 90 alguns artistas começaram a trabalhar com uma arte biológica, de caráter experimental, estritamente “viva” - a bioarte - produzida em laboratórios científicos e estúdios criados pelos artistas.

VIDEO: ANATOMY | TISSUE | ABC1



Esta arte tem como meio a utilização de células, proteínas, DNA, bactérias, tecido vivo, sangue e congêneres, e defende o limite da categoria no estrito tópico das “formas vivas”, usada como prática da arte, onde sua ferramenta é a biotecnologia – por exemplo, a engenharia genética e a clonagem. Além de artistas dessa nova mídia eles também podem ser vistos como cientistas.

'Sk-INTERFACES': MOSTRA BRITÂNICA REUNIU OBRAS COM PELE HUMANA

Uma exposição que reuniu esculturas feitas com pele humana despertou interesse e polêmica em uma galeria na cidade de Liverpool, na Inglaterra. Ao todo, 15 artistas internacionais participaram da exposição Sk-interfaces, no Centro cultural FACT.
Veja imagens de obras da exposição

VIDEO: 'THE HARLEQUIN COAT' - ORLAN



A mostra incluiu um casaco feito com tecido cultivado em laboratório que mescla células humanas e de várias outras espécies. A obra, intitulada Harlequin Coat, é da artista ORLAN, conhecida por ter alterado cirurgicamente seu próprio rosto buscando faces associadas a culturas não-ocidentais.

VIDEO: 'VICTMLESS LEATHER' - ORON CATTS E IONAT ZURR



PARTE 2



Outro trabalho exposto na galeria, Victimless Leather (em tradução livre, Couro Sem Vítima), explora a possibilidade de se produzir couro sem matar um animal. Três casacos em tamanho miniatura são produzidos ao vivo pelos artistas Oron Catts e Ionat Zurr a partir de pele cultivada in vitro na própria galeria.


Os artistas franceses Marion Laval-Jeantet e Benoît Mangin criaram um tecido híbrido feito com células extraídas de suas próprias peles mescladas com células da pele de porcos. O tecido, cultivado em laboratório, foi tatuado para ser enxertado na pele de colecionadores de arte para que eles possam fisicamente "vestir e absorver a obra", diz um texto elaborado para explicar os objetivos da exposição.

VIDEO: 'THIRD EAR' - STELARC



O artista Stelarc implantou uma orelha no braço e agora pretende acoplar um microfone ao órgão. O microfone será conectado à internet para que as pessoas possam escutar o que "a orelha" está ouvindo.


A obra da americana Julia Reodica usa células extraídas da vagina da artista e de músculos de animais para criar "himens de designer". As esculturas são apresentadas como produtos que deveriam ser comercializados como objetos de "re-virginização", abordando temas como a pureza e o valor atribuído à virginidade feminina em diferentes culturas.

Polêmica

A exposição Sk-interfaces aborda algumas das questões mais importantes da atualidade, fundindo ciência, tecnologia e arte. Como resultado, está atraindo atenção, mas também polêmica.
John Ashton, secretário de Saúde Pública da região noroeste da Inglaterra, afirma que, para muitos, um evento como esse poderia ser considerado de extremo mau gosto. Para Ashton, a exposição deixa perguntas no ar. "Será que artistas têm alguma responsabilidade em relação a como seu público se sente a respeito das coisas?", questiona o secretário.
"O que antes era entendido como uma superfície que representa o limite do eu, entre o dentro e o fora, hoje pode ser visto como uma fronteira instável", diz Jens Hauser, curador da exposição.

VIDEO:Centro Cultural FACT em 2008



FOTÓGRAFO ALEMÃO REGISTRA 'FACES DA MORTE'

UMA EXPOSIÇÃO EM LONDRES REÚNE RETRATOS DE 24 PACIENTES TERMINAIS ANTES E DEPOIS DA MORTE.


O fotógrafo alemão Walter Schels e a jornalista Beate Lakotta passaram um ano acompanhando pacientes em fase terminal em diversos hospitais na Alemanha para tentar revelar a opinião destas pessoas sobre sua condição e seu medo da morte e fotografar as pessoas mortas e vivas.
As fotos estão reunidas na exposição Life Before Death (Vida Antes da Morte, em tradução livre), que traz 48 retratos de 24 pacientes terminais – de um bebê de 17 meses a um homem de 83 anos – antes e depois da morte.
Veja aqui algumas imagens da exposição


Segundo Lakotte, a intenção do projeto é tentar superar o medo da morte.
"Nós todos sabemos que vamos morrer um dia, mas é difícil acreditar que realmente vai acontecer com a gente. Nossa motivação era tentar superar o nosso próprio medo da morte e o projeto tenta explorar esta questão", disse.
Cada imagem traz um depoimento sobre a vida dos retratados e o que esperavam da morte.

VIDEO: LIFE BEFORE DEATH - WALTER SCHELS & BEATE LAKOTTA



Uma das fotografadas, Maria Hai-Anh, por exemplo, se preparou durante um mês para a morte e acreditava que precisava se desprender de todas as pessoas antes de morrer.
Já para Heiner Schmitz, um publicitário que morreu com 52 anos, a morte era tudo o que ele conseguia pensar no último mês de vida.
"Esses retratos marcantes revelam que contemplar a certeza da morte pode oferecer uma percepção bonita e emocionante sobre uma das mais profundas experiências que todos iremos passar", afirmou Ken Arnold, um dos diretores da galeria que abriga a exposição.
A mostra Life Before Death fica em cartaz de 9 de abril até 18 de maio na galeria Wellcome Collection , em Londres.

ARTISTA ALEMÃO PROCURA DOENTE TERMINAL PARA MORRER EM INSTALAÇÃO


O artista plástico alemão Gregor Schneider está procurando um paciente terminal para participar de uma instalação na qual o doente morreria na galeria de arte.
Segundo Schneider, o doente passaria suas últimas horas de vida em uma galeria, no centro de uma instalação aberta ao público.
De acordo com ele, todo o processo artístico seria preparado com o consentimento do paciente e de seus familiares, que poderiam determinar como o moribundo seria apresentado.
Ele argumenta que tornar a morte pública pode servir para diminuir o medo das pessoas sobre o momento da morte.
O artista afirma que a instalação apresentaria a morte de uma maneira respeitosa e humana, e com um mínimo de privacidade – o doente ficaria em um espaço fechado com acesso controlado.
"Essa idéia já me persegue há mais de dez anos", disse o artista em uma entrevista à imprensa alemã.


Polêmica

A idéia de Schneider gerou polêmica na Alemanha. Segundo Schneider, ele teria recebido ameaças de morte depois de tornar sua idéia pública.
Políticos de partidos de esquerda e de direita criticaram o projeto dizendo que se trata de um "abuso da liberdade artística".
Silvia Loehrmann, deputada do partido verde no estado da Renânia do Norte-Vestfália, local onde Schneider quer expor sua obra, disse que não pode imaginar que pessoas queiram ver um moribundo "como vêem animais em um zoológico".
Caso consiga realizar a instalação, esta não será a primeira vez que a morte seria tema de uma obra de Gregor Schneider.
Ele já produziu uma instalação onde uma mulher morta era representada por um boneco e também já encenou sua própria morte, além de ter produzido esculturas relacionadas com o tema.

CÃO MORRE DE FOME "EM NOME DA ARTE"


Em 2007, o artista Guillermo Vargas Habacuc recolheu um cão de rua, doente, amarrou-o a uma corda curtíssima na parede de uma galeria de arte e ali o deixou, perecendo lentamente de fome e sede.
Durante vários dias, tanto o autor como os visitantes da galeria presenciaram a agonia do animal que, finalmente, morreu de inanição, depois de ter passado por um doloroso calvário. Na ocasião, Habacuc justificou-se dizendo que a "obra" tinha como objetivo desmascarar a hipocrisia das pessoas que não se sensibilizam com os animais que morrem nas ruas, mas ficam chocadas quando isto acontece em uma exposição.
Este ano, apesar dos protestos, a prestigiada Bienal Centro-Americana de Arte decidiu que isso é arte: Habacuc foi convidado a reapresentar a sua cruel ação em 2008 [implica o sequestro de outro cão].
Deste modo, novos protestos circulam na internet a fim de impedir que o "artista" repita o show de violação do direito dos animais e agressão à sensibilidade dos seres humanos. Está na rede uma petição, no site: http://www.petitiononline.com/13031953/petition.html, disponível aos internautas que desejarem expressar seu repúdio à morte da próxima vítima de Habacuc.

27 abril 2008

ANOTAÇÕES PESSOAIS DE DARWIN SÃO COLOCADAS ONLINE

A primeira versão do livro Teoria da Evolução, de Charles Darwin, pode ser lida online pela primeira vez.
O texto está entre milhares de anotações pessoais do cientista que antes só estavam disponíveis a cientistas da Universidade de Cambridge e agora podem ser lidas aqui - Darwin online (em inglês)
A publicação das anotações pessoais de Darwin é a maior da história, com cerca de 20 mil itens e quase 90 mil imagens.
O material original é mantido pela biblioteca da Universidade de Cambridge, que decidiu disponibilizar o material online.
A coleção inclui, por exemplo, textos como observações do cientista sobre os pássaros de Galápagos e os primeiros registros das dúvidas de Darwin sobre a permanência das espécies.
No site, o usuário também pode ver fotos de Darwin e sua família, recortes de jornais, críticas dos livros do cientista e até mesmo um livro de receita de Emma Darwin.
Para John Van Wyhe, especialista da Universidade de Cambridge que idealizou o projeto. "Charles Darwin é um dos cientistas mais influentes da história. A coletânea de suas anotações online é extremamente importante e muito excitante".
O arquivo online é tão grande que, mesmo se o usuário conseguisse ver uma imagem por minuto, ainda levaria mais de dois meses para ver todo o material.
"Darwin mudou o nosso entendimento sobre a natureza para sempre. Suas anotações revelam como as suas pesquisas eram detalhadas. A divulgação dessas anotações online marca uma revolução no acesso do público - e, possivelmente, no apreço - a uma das mais importantes coletâneas de materiais originais na história da ciência", completou van Wyhe.

NEONAZISTAS ARGENTINOS ORGANIZAM SHOW EM HOMENAGEM A HITLER

Duas organizações neonazistas argentinas organizaram um show clandestino de rock and roll em homenagem a Adolf Hitler com convites distribuídos através da internet, o que causou preocupação no governo.
"Vamos desfrutar de nossa própria música, com camaradagem, cervejas e, principalmente, comemorando o aniversário de Adolfo Hitler", é o que afirma o site neonazista 'La revuelta va', que mantém o local do show em segredo.
O concerto foi organizado pelos grupos clandestinos Legião Pretoriana e D.O.S, que habitualmente convocam atos públicos em defesa do período da ditadura (1976-1983) quando desapareceram cerca de 30 mil pessoas.
"Estamos investigando a questão e já sabemos onde aconteceu e quanto custou as entradas", informou o ministro da Justiça, Aníbal Fernández, destacando que o mais preocupante é o "que implica o pensamento dessa gente".
O site neonazista proclama que "o fascismo é liberdade".
A Argentina foi um dos países sul-americanos escolhidos como refúgio para centenas centenas de nazistas acusados de genocídio depois da queda do Terceiro Reich na Alemanha e a derrota do nazismo na Segunda Guerra Mundial.
Link externo: http://www.prensajudia.com/shop/detallenot.asp?notid=7655

BONECO DE HITLER ESTÁ À VENDA NA UCRÂNIA


Um novo brinquedo vem causando polêmica na Ucrânia mesmo antes de chegar às lojas oficialmente: um boneco de Adolf Hitler dentro de uma caixa com os anos de nascimento e morte dele e vem acompanhado de quatro opções de roupas.
O brinquedo só deve chegar às lojas no segundo semestre, mas essas imagens do boneco, que parecem ter sido gravadas secretamente, mostram que ele já pode ser comprado em lojas especializadas.
BRINQUEDO ASSASSINO - Assista à reportagem

EMPRESA LANÇA PAPEL HIGIÊNICO LITERÁRIO

A empresa espanhola Empreendedores está lançando rolos de papel especial onde aparecem impressos clássicos da literatura mundial para que o usuário vá lendo enquanto permanecer no banheiro.
O produto, vendido só através da internet,, inclui trechos de literatura clássica, teatro, poesia e até textos sagrados da Bíblia e do Budismo.
Da Bíblia foram escolhidos trechos do Apocalipse, do Cantar dos Cantares e dos Provérbios.
Os textos sagrados budistas são O Sutra do Loto e o Livro Tibetano dos Mortos.
A intenção dos sócios da companhia era incluir também trechos do Corão, mas tiveram medo da possível reação dos islâmicos. Alguns até ameaçaram sair do projeto.
Os trechos escolhidos para a impressão são clássicos de domínio público, pelos quais não é preciso pagar direitos autorais. Mas a empresa avisa que está aberta a propostas de novos escritores.
Os rolos custam 3,70 euros (cerca de R$ 9,80) cada, e o “leitor” tem a opção de escolher os textos e a cor do papel higiênico, feitos de uma celulose mais resistente.
“Usamos letras grandes com espaço entre as palavras para que seja uma leitura fácil e relaxante”, comentou Camarero.

20 abril 2008

CHRISTIE'S ESPERA NOVO RECORDE COM LUCIAN FREUD

A casa Christie's vai oferecer em leilão, uma grande tela do pintor britânico Lucian Freud.
O quadro, que pertence a uma colecionadora particular, pode alcançar entre US$ 25 milhões (R$ 42 milhões) e US$ 35 milhões (R$ 58,9 milhões) em Nova York, no leilão de arte contemporânea de 13 de maio.
Em comunicado divulgado pela casa, a diretora do Departamento de Arte de Pós-guerra e Contemporânea da Christie's, Pilar Ordovás, disse que é uma honra para a companhia contar com uma obra tão importante.
Para Ordovás, a pintura que pôde ser visitada em muitas das exposições mais importantes de Freud, pode bater o recorde mundial de leilão de uma obra de autor vivo.


O quadro "Benefits Supervisor Sleeping", de 1995, é um retrato em tamanho natural de uma gorducha funcionária londrina, Sue Tilley, dormindo nua num sofá velho.
O recorde atual para uma obra leiloada de artista vivo, é de Jeff Koons, cuja obra Hanging Heart (Magenta/Gold) foi arrematada por US$ 23,6 milhões (R$ 39,8 milhões)em novembro passado em Nova York. O recorde atual de pinturas de Lucian Freud, de 85 anos, em leilões, é de US$ 19,4 milhões (R$ 32,7 milhões), alcançados em novembro de 2007.

Lucian Michael Freud (Berlim, 8 de dezembro de 1922) é um pintor alemão, filho de pais judeus e neto de Sigmund Freud. Ele e sua família se mudaram para o Reino Unido em 1933 para escapar do regime nazista.


Suas primeiras pinturas são freqüentemente associadas com o surrealismo, mas a partir da década de 1950 ele começou a pintar retratos, geralmente nús. Os temas de Freud são as pessoas em suas vidas; amigos, família, amores, crianças. Nas palavas do artista "o assunto do tema é autobiográfico, tudo sempre tem a ver com esperança e memória e sensualidade e envolvimento, mesmo.” "Eu pinto pessoas - diz Freud - não precisamente pelo que elas parecem, não exatamente pelo que elas são, mas como elas deveriam ser."


Freud é um dos mais conhecidos artistas britânicos que trabalha com um estilo tradicional representacional, e recebeu o Prêmio Turner no ano de 1989. De acordo com o jornal Sunday Telegraph de 1 de setembro de 2002, Freud tem cerca de 40 filhos, reconhecendo todos quando se tornam adultos. Depois de seu romance com Lorna Garman, ele casou com sua sobrinha Kitty (filha do escultor Jacob Epstein e da socialite Kathleen Garman) em 1948, mas seu casamento acabou depois de quatro ano que ele iniciou um romance com Lady Caroline Blackwood, escritora. Eles casaram em 1957.

DOCUMENTÁRIO: LUCIAN FREUD



Apesar de internacionalmente conhecido como um dos mais importantes artistas da atualidade, há poucas oportunidades de ver as pinturas e gravuras de Lucian Freud. Em 1996, houve uma grande exibição de 27 obras e 13 gravuras na Abbot Hall Art Gallery em Kendal, na Grã-Bretanha, cobrindo todo os períodos da sua obra. Isso foi notavelmente seguido por um grande retrospectivo na Tate Britain em 2002. Durante o período de maio de 2000 a dezembro de 2001, Freud pintou a rainha Elizabeth da Inglaterra.

RECEITAS DOS PRATOS COMERCIAIS MAIS FAMOSOS DO MUNDO

Chef diz ter 'clonado' produtos como o sanduíche Big Mac e até a Coca-Cola. Em livros e site ele oferece receitas e ensina a fazê-las passo a passo.


Dois hambúrgueres, alface, queijo, molho especial, cebola e picles num pão com gergelim. Se essa descrição não é suficiente para reproduzir o sanduíche mais famoso do planeta em casa, Todd Wilbur pode resolver o problema com uma receita bem detalhada, passo a passo, de um clone deste e de outros pratos de restaurantes conhecidos em todo o mundo em qualquer cozinha doméstica.

COMO CLONAR O BIG MAC



O cozinheiro se dedica há 15 anos a recriar pratos populares da cozinha profissional de forma acessível, buscando sabores exatamente iguais. Seu processo de trabalho inclui pesquisas e muitas tentativas. Ele diz que nunca teve acesso às receitas verdadeiras.

COMO CLONAR O CHICKEN CRUNCH DO PLANET HOLLYWOOD



Wilbur, que nunca teve problemas com as grandes marcas que ensina a copiar, chega a demorar meses para descobrir algum segredo, como a Coca-Cola. Mas ele considera que o seu maior desafio é reproduzir, em casa, chocolates que são feitos por máquinas, sem nenhum contato com a mão do chef.

COMO CLONAR O PENNE RUSTICA DO ROMANO



As receitas podem ser vistas on-line no site Top Secret Recipes (http://www.topsecretrecipes.com - em inglês). Wilbur promete que, se seguidas de forma exata, terão o resultado buscado.

COMO CLONAR O CRANBERRY BLISS BAR DO STARBUCKS



O site cobra por acesso às mais recentes, mas muitas delas podem ser consultadas gratuitamente.

MAIS RECEITAS AQUI:

CLONANDO O FRANGO GRELHADO DO KFC




COMO CLONAR A MANTEIGA DE AMENDOIM DO REESE EM 3 MINUTOS




COMO CLONAR O MCRIB SANDWICH DO McDONALD’S



11 abril 2008

FOTO DE CARLA BRUNI NUA É ARREMATADA POR US$ 91 MIL

A primeira-dama francesa já abandonou as passerelas, mas a sua carreira como modelo ainda rende. E muito. Um colecionador de artes chinês pagou US$ 91 mil pela fotografia de Carla Bruni nua.
O comprador surpreendeu a casa de leilões Christie's ao oferecer um valor mais de 20 vezes maior do que o estimado incialmente, de US$ 4 mil.
A imagem a preto e branco, que faz parte da coleção de 140 fotografias do alemão Gert Elfering, foi capturada pelo fotógrafo Michel Comte em 1993, quando a primeira-dama da França estava no auge da carreira de modelo.
O trabalho seria uma referência ao quadro Les Poseuses, do pintor francês Georges Seurat. Michel Comte diz ter várias fotografías de Bruni durante os dez anos em que trabalharam juntos, algumas delas muito mais explícitas.


Michel Comte por superalbertofilho

Apesar de Carla Bruni ter superado as expectativas, a recordista do leilão da famosa loja Christie's foi Brigitte Bardot. Esta fotografia da atriz tirada por Avedon foi vendida por 181.000 dólares (114. 015 euros).

05 abril 2008

40 ANOS DA MORTE DE MARTIN LUTHER KING

Milhares de pessoas saíram às ruas em Washington, nesta sexta (04/04) para lembrar os 40 anos do discurso "Eu tenho um sonho", do ativista negro americano Martin Luther King.


Martin Luther King Jr. nasceu em 15 de janeiro de 1929 em Atlanta, na Geórgia. Filho e neto de pastores da Igreja Batista, King integrou o movimento de não-violência já no colégio. Graduou-se em sociologia no Morehouse College, em 1948, com orientação de Benjamin Mays, um ativista dos direitos civis.
Em 1951, King formou-se no Seminário Teológico Crozer, na Pensilvânia e, em 1954, tornou-se pastor da Igreja Batista em sua cidade natal. Em 1955, ele concluiu seu doutorado em Teologia Sistemática pela Universidade de Boston.

DOCUMENTÁRIO: BIOGRAFIA DE MARTIN LUTHER KING 2º

)

Por seu histórico, King foi selecionado para liderar a ‘Associação para Melhora de Montgomery’, que organizou um grande boicote e conseguiu acabar com a política de segregação racial nos transportes públicos da cidade. Durante a campanha de 381 dias, muitas ameaças foram feitas contra a sua vida, ele foi preso e viu sua casa ser atacada.


Em 1957, King formou a Conferência de Liderança Cristã do Sudeste, começou a fazer palestras por todo o país relatando suas experiências e pedindo pela criação de movimentos de não-violência para lutar pelos direitos civis dos afro-americanos.


Em 1960, King foi preso por protestar contra a segregação racial. Sua prisão ganhou divulgação nacional e o então candidato presidencial John F. Kennedy (depois eleito presidente) intercedeu para obter sua liberação.

DISCURSO COMPLETO DE MARTIN LUTHER KING: EU TENHO UM SONHO (I HAVE A DREAM) Legendado em Português



Em 1963, King ajudou a organizar a Marcha a Washington, uma assembléia que reuniu mais de 200 mil manifestantes pelos direitos civis. Foi para estes manifestantes que King fez seu discurso, "I have a dream". A marcha influenciou diretamente a aprovação no Congresso do Ato pelos Direitos Civis, em 1964 que determinou os parâmetros da igualdade entre os cidadãos nos Estados Unidos.


Pela sua atuação em prol dos direitos civis, King foi o mais jovem homem a receber o Prêmio Nobel da Paz, em 1964 e em 1965 recebeu o Pacem in Terris.
Em 1968, ele foi a Memphis apoiar uma greve de trabalhadores sanitaristas. Lá, em 4 de abril, foi assassinado.

ENTREVISTA COM O CONDENADO PELA MORTE DE MARTIN LUTHER KING EM 27/08/1979



O suposto assassino, Earl Ray, começou confessando o crime, mas pouco depois se retratou e proclamou sua inocência até sua morte há 10 anos, chegando inclusive a convencer a família de King.


Principal figura da luta pelos direitos cívicos dos negros nos anos 50 e 60, após sua morte se tornou um mito. Em 1986, foi estabelecido um feriado nacional nos EUA para homenagear o líder negro, o chamado Dia de Martin Luther King, mas só em 1993, pela primeira vez, o feriado foi cumprido em todos os Estados do país.


Quarenta anos após a morte do líder Martin Luther King, os negros americanos têm uma crescente representatividade política, mas sofrem com a desigualdade econômica. Além disso, os movimentos organizados – vários deles criados pela luta de King – perderam muito de sua força. Esta é a opinião do historiador americano David Garrow, de 55 anos, autor de “Bearing the Cross: Martin Luther King, Jr., and the Southern Christian Leadership Conference”, biografia do líder do movimento negro. A publicação do livro em 1987 rendeu a Garrow o cobiçado Prêmio Pulitzer.

MALCOLM X

Mas o pacifismo de Luther King provocava também rejeição entre grupos como a Nação do Islã (NOI) de Malcolm X ou o Black Power, que enfatizavam o orgulho negro, chegando, em algumas ocasiões, a pregar a superioridade negra.

MALCOLM X EXPLAINS BLACK NATIONALISM (March 29, 1964)



Enquanto Martin Luther King apostava na resistência pacífica como arma para enfrentar o racismo e a segregação, Malcolm X defendia a separação das raças, a independência econômica e a criação de um Estado autônomo para os negros. Ao lado de Elijah Muhammed, viajou pelos principais Estados norte-americanos para pregar as suas idéias e defender a libertação dos negros.


No dia 21 de fevereiro de 1965, quando discursava no Harlem, Malcolm X foi assassinado com 13 tiros, ao lado de sua mulher Betty, que estava grávida, e de suas quatro filhas. A polícia não encontrou provas, mas suspeitou da participação da "Nação do Islã" no crime.

AUTOBIOGRAFIA DE MALCOLM X (ALEX HALEY)


04 abril 2008

HERGÉ DE 780 MIL EUROS


Um desenho feito em 1932 por Hergé para a capa de Tintin na América foi vendido por 780 mil euros (cerca de R$ 2.1 milhões) na leilão da Artcurial de Paris, superando o recorde anterior pago por uma história em quadrinhos do autor Enki Bilal. O lance inicial da obra de Hergé, considerada peça de museu pela Artcurial, foi de 280 mil euros (cerca de R$ 756 mil).

Georges Prosper Remi, conhecido como Hergé (22 de maio de 1907, Etterbeek - 3 de março de 1983, Bruxelas), foi um desenhista de histórias em quadrinhos belga francófono. Tornou-se famoso como criador do consagrado e mundialmente conhecido personagem e herói Tintim.
O estilo impecável de Hergé e o soberbo uso de cores levou-o a ser aclamado internacionalmente após a Segunda Grande Guerra. Os álbuns de Tintim, como os de outros personagens criados por Hergé, são lidos em mais de 40 línguas pelo mundo fora. Seu estilo influenciou a criação de outros personagens dos quadrinhos (Asterix, Lucky Luke, Blake e Mortimer e muitos outros). Os álbuns com histórias completas são um marco no desenvolvimento de histórias em quadrinhos. Os álbuns de Tintim são de uma precisão incrível, com todos os detalhes minuciosamente cuidados.
Este é o desenho leiloado


ASSISTA AQUI A ANIMAÇÃO DE HERGÉ - TINTIN NA AMÉRICA


SARKOZY ACUSA EUA E BRASIL DE 'DUMPING' EM BIOCOMBUSTÍVEIS


O presidente francês, Nicolas Sarkozy, acusou os governos do Brasil e dos Estados Unidos de praticarem um "dumping fiscal sem precedentes na produção de biocombustíveis". E afirmou que "a Europa não pode ignorar os dispositivos de apoio implementados por esses dois países para desenvolver certos biocombustíveis".
Sarkozy fez essas declarações durante uma reunião da principal federação sindical agrícola da França, a FNSEA.


Para o consultor do presidente francês para questões agrícolas, Christophe Malvezin, "a política fiscal do governo brasileiro, de reduzir os impostos nesse setor, incita os consumidores do país a utilizarem etanol e comprarem carros movidos a álcool, criando distorções no mercado. Essa redução de impostos equivale a uma ajuda direta aos fabricantes de biocombustíveis”.
Segundo Malvezin, o sistema fiscal favorece as empresas brasileiras do setor, que teriam condições mais vantajosas para exportar seus produtos para a Europa.


A França presidirá a União Européia a partir de julho próximo e Sarkozy deixou claro em seu discurso que endurecerá as posições do bloco nas negociações para a liberalização do comércio mundial na Organização Mundial do Comércio (OMC).
"Vou me opor fortemente a qualquer acordo contrário aos interesses da França.”, disse o presidente francês.
Sarkozy ainda afirmou que, durante a presidência francesa da União Européia, o bloco não aceitará propostas que não sejam acompanhadas de concessões por parte dos Estados Unidos e dos países em desenvolvimento.

Leia mais na BBC

Assista: a União Européia poderá cortar os subsídios agrícolas destinados a produção de biocombustíveis. Em 17/03/2008 no Canal Rural


Corte de subsídio nos biocombustíveis por superalbertofilho